Conversas com Adultos III - atendimento

Estou de volta, meus amigos!

Apesar das últimas 'Conversas com Adultos' não falarem de situações que me irritam a sério, desta vez decidi falar daquele que considero uma das piores características dos adultos a nível de conversas.

 

Atendimento

 

 

Decerto já repararam no 'atendimento personalizado' que as crianças e adolescentes recebem em cafés, ou lojas e afins.

Se já tiverem um aspecto mais-ou-menos adulto, peguem num irmão ou primo mais pequeno e levem-no ao café.

Fiquem lá fora de modo a que ninguém vos veja, e peçam ao tal pequenino para pedir alguma coisa. Vão reparar que os adultos que chegarem depois do vosso 'enviado especial' serão atendidos primeiro, e mais... quando a tal criança for atendida poderá não ser com palavras de simpatia, mas antes com um desprezo incrível apenas por não ter adultos presentes.

Se depois da criança atendida, chamarem um adulto verão que a pessoa que atendeu se desfazerá em comentários queridos e fofinhos, o que apenas demonstra que os adultos são uns hipócritas e que gostam de se fazer de superiores (sem querer generalizar...)

 

Babs às 10:09
sinto-me: bem (em férias!)
música: 'reden' - Tokio Hotel