Blog da Babs

pseudo-importantes

Lista das 101 coisas: Take II; Take I
Playlists: 2; 1

pesquisar

 

arquivo

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Quarta-feira, 25 DE Fevereiro DE 2009

Destino

O último dia de uma interrupção lectiva - grande ou pequena - é sempre ocupado a fazer os trabalhos.

Às vezes até tento ter tudo pronto no 1º dia de férias, mas fico-me pela tentativa. A maldita da preguiça vence sempre a Babs. Qualquer dia faço um "Como vencer a preguiça em 5 passos". Ou um "Como ser derrotado pela preguiça em 5 passos".

 

De modo que hoje, para não fugir à regra, ando enrascada com o relatório da síntese de tetraminocobre (II) mono-hidratado que por acaso é para entregar amanhã.

 

Por isso, se hoje quiserem que tenha algum tempo para ler os vossos últimos posts e comentá-los, façam favor de enviar um relatoriozinho desta actividade laboratorial.

Caso não disponham de nenhum, a Babs agradece na mesma.

Babs às 14:54
sinto-me:
Quarta-feira, 18 DE Fevereiro DE 2009

O esconderijo dos chocolates

Há já algum tempo que a minha mãe nos avisava - a mim e ao meu irmão - para reduzirmos a quantidade de doces que comíamos e se mostrava surpreendida com a rapidez com que um pacote de bolachas de chocolate desaparecia cá em casa.

 

Na altura do Natal decidiu tomar medidas drásticas: deixou-nos ficar com os doces que tinhamos recebido como presente de familiares ou amigos e confiscou os restantes que guardou num sítio secreto.

Os chocolates que me chegaram desde então foram trazidos periodicamente pela "menina das entregas", ou seja a minha irmã de 3 anos, a mando da minha mãe.

Ora, eu sabia que os doces estavam na cozinha - porque via a minha mãe fechar a porta sempre que era o momento das entregas. Claro que revistei a cozinha toda: procurei no cimo do frigorífico, na prateleira das chávenas, ao lado da tosteira, enfim... até me conformar com o insucesso desta busca.

 

Hoje, vi que a minha irmã estava sossegada na sala e entrei de rompante na cozinha com o intuito de a arrumar. Encontro a minha mãe em cima da cadeira a tirar uma caixa de bombons da nestlé do armário dos pratos.

Não fui capaz de dizer nada, nem de fazer uma grande festa por ter descoberto o esconderijo. Pedi para tirar um chocolate, comi-o, e entretanto a mãe saiu da cozinha. Não voltei a arrumar a caixa no ex-esconderijo secreto.
Deixei-a em cima da mesa: vou fingir que não descobri nada.
Às vezes, a ignorância é a melhor escolha.
Babs às 20:48
Sábado, 14 DE Fevereiro DE 2009

A minha nova superstição

Há uns tempos enviaram-me uma daquelas correntes de email que enunciava que o novo nº do azar é o 11 e não o 13.

Hoje, atrevo-me a acrescentar que o dia do azar não é uma sexta-feira 13 como a de ontem, mas sim um sábado 14.

 

Parece que fui atingida pelos relâmpagos da pouca sorte. É melhor fazer uma lista:

  • a minha irmã acordou-me cedo;
  • quando ía a levantar a toalha da mesa entornei o copo de chá da minha irmã, e a minha mãe passou-se comigo porque aquilo "causou um grande transtorno";
  • o meu pai mandou-me ir desligar e voltar a ligar a internet (que é o que costumamos fazer quando não está a funcionar). Quando fiz as minhas funções o meu irmão começa a gritar comigo a dizer que a internet estava a funcionar e que eu só tinha ido estragar tudo. E a minha mãe apoiou-o;
  • tive provavelmente a discussão mais parva do ano com o meu pai. Quando o meu pai chegou ao escritório viu que a cadeira de rodar dele estava de costas para a secretária e perguntou-me, zangado, se eu não tinha visto que a cadeira estava ao contrário e PORQUE é que ainda não a tinha virado.

A isto acrescenta-se o facto de ter acordado toda partida, com o período (nem acredito que estou a dizer isto aqui) e com a voz em tal estado que me custa falar muito tempo seguido (tortura completa...). Há bocado nem estava a conseguir apoiar os pés como deve de ser no chão, e claro - mais uma discussão com o meu pai.

 

Mas sabem que mais? A tarde foi muito animada - passada avec mes amies - e consigo imaginar uma série de coisas que podiam ser bem piores. Como vir aqui ao blog fazer uma dissertação sobre a minha indiferença em relação ao dia dos namorados. Ou dizer-vos que gosto bastante desta música.

tags:
Babs às 22:16
sinto-me: ...NOT!
música: "the sun will come out tomorrow" - annie (musical)
Quinta-feira, 12 DE Fevereiro DE 2009

Parabéns, Darwin!

Como estudante da área de Ciências não podia deixar de vir aqui falar-vos do bicentenário do nascimento de Charles Darwin.

 

 

Darwin nasceu a 12 de Fevereiro de 1809 em Inglaterra, numa família rica.

Ingressou em Medicina, mas desistiu dois anos depois. Após se formar em Direito na Universidade de Cambridge, um professor incentivou-o a dar mais atenção ao seu interesse pela ciência, pelo que, aos 22 anos, partiu numa viagem no navio Beagle com o intuito de dar uma volta ao mundo.

Foi ao chegar à ilha dos Galápagos que se ocupou a descobrir semelhanças e também diferenças entre as diversas espécies que lá existiam. E foi este estudo que o levou a formular a sua teoria da evolução das espécies - que foi inovadora em comparação com as teorias segundo as quais as espécies nunca se alteravam.

 

 

Quem não se inspiraria com esta paisagem dos Galápagos?

 

As suas ideias tiveram grande importância, e saliento a selecção natural e a sobrevivência do mais apto.

 

Acho que mesmo quem não tenha muito interesse nas ciências, percebe a importância que Darwin teve na nossa compreensão do que se encontra ao nosso redor.

 

Quem estiver interessado em mais saber mais sobre as ideias de Darwin, aconselho o Ciclo de Conferências: a evolução de Darwin, na Gulbenkian, com entrada livre. As conferências vão ser também transmitidas numa página para esse efeito.

 

"Foi como confessar um assassinato." - Charles Darwin em relação à exposição da Teoria da Evolução. 

 

Parabéns, Darwin!

 

Nota sem interesse: Darwin é do meu signo! Darwin é do meu signo!

Babs às 21:07
Sábado, 07 DE Fevereiro DE 2009

Os pseudo-vícios alimentares da Babs

Há determinados alimentos, ou combinações de alimentos que à primeira vista me pareciam pouco apelativos. Mas, actualmente, adoro:

  • Banana com canela. - esta aprendi na escola.
  • Banana com queijo. - influências da minha mãe...
  • Gelado com banana. - esta já conhecia há mais tempo. Mas fui muito influenciada pela minha mãe.
  • Maçã na salada. - mãe, pai.
  • Queijo na salada. - mãe.
  • Cereais com sumo! - ok, esta não adoro, mas até me soube bem (embora so tenha experimentado uma vez). Influência: mon amie Isabel
  • Chá de qualquer coisa com um pauzinho de canela no copo. (mãe)
  • Chá de cidreira. Este remonta aos tempos da primária em que sempre que estávamos adoentados, bebíamos o "chá milagroso" da D. Isabel - soube depois que se tratava de chá de cidreira.
  • Chocolate negro. Este hábito aprendi sozinha, num dia em que era o único chocolate existente num raio de 20 metros.
  • Palitos La Rein. - como a minha avó tem sempre lá em casa, apanhei o hábito. Para quem não sabe trata-se disto:
     

      

  • Pão com salsicha, e leite com chocolate ao lanche. - Nunca comi tal coisa sem ser na casa da minha avó, onde é desde a minha infância o lanche habitual;
  • Caramelo. Antigamente achava que era uma coisa demasiado doce, e nunca me deu vontade de experimentar. Desde que provei, às escondidas, caramelo num aquecimento exagerado de açucar no laboratório nunca mais abandonei o gosto. Gelado de caramelo é óptimo!
  • Pastilhas de canela. Influência: mãe.
  • Coca-cola com açúcar -  não é excelente, mas pelo menos permite-me beber  coca-cola (basicamente tira o gás...).
  • Mini-croissants. Influência: prima.
  • Pastéis de nata. - eu dizia sempre que detestava mesmo antes de ter experimentado. Arrisquei-me a provar e adorei. Influência: mon amie Rita.
  • Waffles. Esta é óbvia: é provavelmente o produto mais vendido no bar da escola porque... é por vezes o único disponível (sem contar com bebidas e chocolates).
  • Skittles. Provavelmente a mon amie Melissa é a maior influência.skittles candy
  • Nestlé Classic. Antigamente via a mon amie Madalena comprá-los. Actualmente sou eu que não dispenso o meu nestlé classic semanal.
  • Sumos marca Pingo Doce. Não posso ter um post sobre alimentos sem falar da minha paixão mais recente: os sumos do Pingo Doce. Sobretudo, aquele de ananás e côco que tem uma embalagem mais invulgar (não encontro imagem para colocar aqui).
  • Pipocas doces marca Pingo Doce. Arrisco-me a dizer que são melhores que as do cinema. Óptimas para activar a concentração durante o estudo de Físico-Química - testado por mim. E vêm em saquetas super-simpáticas, não é preciso meter no microondas nem nada.

Agora para terminar, fiquem com uma imagem dos meus cereais predilectos de pequeno almoço já desde há pelo menos 8 anos: os Cini Minis - que têm canela (pois, já deu para perceber que adoro canela...) .

Nestlé Cini Minis

 

No Verão volto a repetir o post mas para vos falar do meu fruto preferido: CEREJAS!

 

 

Babs às 22:00
sinto-me:

pesquisar

 

Fevereiro 2009

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
15
16
17
19
20
21
22
23
24
26
27
28

comentários recentes

  • Ola Sara! No project free tv ha as 3 primeiras tem...
  • Olá :) Podes-me dizer onde viste os episódios da R...
  • Ai, a inveja que eu tenho de ti! ;) Essa cidade é ...
  • por acaso eu também gosto de ter o meu quarto semp...
  • fico muito contente que te tenhas divertido em lon...
  • Em relação ao último post, eu tenho a mesma perspe...
  • Olá BárbaraDesculpa chatear através dos comentário...
  • Olá! Desafiaram me a fazer uma tag que tinha de re...
  • Tenho um desafio para ti no meu blog (http://senti...
  • não consigo comentar o post do aniversário do teu ...

arquivo

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

blogs SAPO


Universidade de Aveiro