Blog da Babs

pseudo-importantes

Lista das 101 coisas: Take II; Take I
Playlists: 2; 1

pesquisar

 

arquivo

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Terça-feira, 17 DE Julho DE 2007

A minha experiência na 'Segunda Vida'

Bem, pelo título até parece que estou a manter uma segunda vida, ou seja que à noite me transformo em vampira, ou qualquer coisa parecida (isto para não levar a conversa para outros lados).

Mas, na verdade, referia-me ao fenómeno 'Second Life'. Eu até já publiquei um texto no Chill(i) Out sobre este género de realidades virtuais.

Mas confesso que nunca tinha experimentado. Aliás nem tinha muita vontade disso. Até porque há uns tempos tinha uma ideia de que grande parte dos frequentadores deste tipo de mundos são tímidos, tarados ou jovens desesperados.

Enfim, hoje em dia já não sou tão 'conservadora' em relação a essas coisas, nem critico quem gosta de se passear por estes jogos, até porque de certo modo compreendo que a Internet seja a possibilidade de muitas pessoas serem aquilo que querem ser com bastante facilidade.

 

Mas o que interessa é que ontem experimentei o famoso Second Life. A principal razão foi o facto de se assemelhar aos Sims 2 sem demorar 15 minutos a carregar.

 

Para quem ainda não experimentou aqui deixo a minha experiência:

 

1º - Entro para uma pseudo-ilha que nos ensina a jogar onde umas rochas humanóides começam a falar comigo.

2º - Desespero porque quero o jogo a sério. Pergunto a algumas pessoas no meu inglês rasca se me sabem tirar daquela ilha.

3º - Desprezo é o que me dão.

4º - Descubro como sair da ilha e meto-me noutra ilha qualquer que está deserta

5º - Desligo o jogo.

 

O jogo é uma lentidão de movimentos, até para quem tem uma ligação à Internet relativamente boa. Resumindo, um aborrecimento.

tags:
Babs às 12:16
sinto-me: aborrecida
Segunda-feira, 16 DE Julho DE 2007

Em destaque!

Eu não gosto de escrever dois posts num dia (aliás às vezes só escrevo um post por semana...), mas desta vez tenho uma boa razão.

 

Sou destaque do Sapo!

 

Eu tinha acabado de escrever o último post, quando acedo à pagina inicial dos blogs e vejo isto:

 

 

 

"Ah! Que giro, agora aparece o nome do blog nos últimos posts publicados" - foi o meu primeiro pensamento. A seguir fui testar o link (podem haver muitas Babs por aí...).

E quando apareceu este blog cor-de-laranja e vejo 20 visitantes online (destaque confirmado)lembrei-me que muitos podem ser adultos e estar neste momento em estado de choque ao ver a minha pseudo-conspiração contra as suas conversas e manias.

Ou então, a pôr em acção o post "Como partir o monitor em 5 passos", só para que a imagem do meu blog desapareça da vista deles.

 

Estou agora a falar com o Confuso (www.as_minhas_confusoes.blogs.sapo.pt) e parece que foi ele a sugerir o destaque, mas eu já estava na lista (eu não tenho estado muito blogosférica, por isso não tenho acompanhado os acontecimentos por aqui...).

 

Portanto, resta-me agradecer ao Confuso, à equipa dos blogs do Sapo e a estas pessoas simpáticas da blogosfera que leem todas estas maluquices e trapalhadas que escrevo.

 

tags:
Babs às 11:44
sinto-me: espantada
música: (leitor de mp3 desligado...'tou em transe)
Segunda-feira, 16 DE Julho DE 2007

Conversas com Adultos III - atendimento

Estou de volta, meus amigos!

Apesar das últimas 'Conversas com Adultos' não falarem de situações que me irritam a sério, desta vez decidi falar daquele que considero uma das piores características dos adultos a nível de conversas.

 

Atendimento

 

 

Decerto já repararam no 'atendimento personalizado' que as crianças e adolescentes recebem em cafés, ou lojas e afins.

Se já tiverem um aspecto mais-ou-menos adulto, peguem num irmão ou primo mais pequeno e levem-no ao café.

Fiquem lá fora de modo a que ninguém vos veja, e peçam ao tal pequenino para pedir alguma coisa. Vão reparar que os adultos que chegarem depois do vosso 'enviado especial' serão atendidos primeiro, e mais... quando a tal criança for atendida poderá não ser com palavras de simpatia, mas antes com um desprezo incrível apenas por não ter adultos presentes.

Se depois da criança atendida, chamarem um adulto verão que a pessoa que atendeu se desfazerá em comentários queridos e fofinhos, o que apenas demonstra que os adultos são uns hipócritas e que gostam de se fazer de superiores (sem querer generalizar...)

 

Babs às 10:09
sinto-me: bem (em férias!)
música: 'reden' - Tokio Hotel
Domingo, 08 DE Julho DE 2007

E pronto...

... esta é a altura em que fico emocionada porque já acabei de fazer uma das coisas que era suposto fazer em férias. Se ainda não perceberam o que é, reparem bem no blog.

Aquilo a li em cima é mesmo uma IFRAME. Ou seja, podem ir clicando ali no menu em créditos, em estatísticas (a pre-definição), ou ali no perfil que abre na iframe.

A outra grande novidade é mesmo a música, também em iframe e podem escolher entre três músicas (não é uma grande variedade, mas são das que mais gosto...).

 

E acho que é tudo. Agora já que 'tou numa onda de trabalho, vou arrumar o roupeiro que já está em 'lista de espera' há séculos...

Babs às 19:29
sinto-me:
música: 'somewhere I belong' - Linkin Park
Sexta-feira, 06 DE Julho DE 2007

Conversas com Adultos II - a simpatia

NOTA: Este conjunto de posts 'Conversas com Adultos' não têm como objectivo fazer qualquer tipo de conspiração contra os adultos.... Espero que não levem a mal: é uma brincadeira!

 

A Simpatia

 

 

Desde pequenos que ouvimos dizer 'cumprimenta aquele senhor', ou então 'agradece àquela senhora', 'diz boa tarde' e outras tantas, mas na verdade com excepção a alguns locais com menos população as pessoas (tenho de admitir que não são só os adultos) consideram completamente malucos aqueles que cumprimentam alguém que não conhecem - seja por engano ou apenas por simpatia.

No meu caso, como nem os meus próprios vizinhos conheço, sempre que estou no meu bairro cumprimento quem quer que por lá passe mesmo as pessoas que estão lá de passagem, porque pode dar-se o caso de ser um vizinho e eu criar um mal-entendido (isso fica para outro 'capítulo'). Os adultos, em vez de retribuirem, olham para mim como se eu devesse estar no manicómio.

 

Que se pode fazer...?

Babs às 20:06
sinto-me: com calor
música: 'monsoon' - tokio hotel

pesquisar

 

Julho 2007

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
19
21
22
23
25
26
28
29
30

comentários recentes

  • Ola Sara! No project free tv ha as 3 primeiras tem...
  • Olá :) Podes-me dizer onde viste os episódios da R...
  • Ai, a inveja que eu tenho de ti! ;) Essa cidade é ...
  • por acaso eu também gosto de ter o meu quarto semp...
  • fico muito contente que te tenhas divertido em lon...
  • Em relação ao último post, eu tenho a mesma perspe...
  • Olá BárbaraDesculpa chatear através dos comentário...
  • Olá! Desafiaram me a fazer uma tag que tinha de re...
  • Tenho um desafio para ti no meu blog (http://senti...
  • não consigo comentar o post do aniversário do teu ...

arquivo

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

blogs SAPO


Universidade de Aveiro