Blog da Babs

pseudo-importantes

Lista das 101 coisas: Take II; Take I
Playlists: 2; 1

pesquisar

 

arquivo

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Quarta-feira, 03 DE Agosto DE 2011

As noites de cinema cá de casa

Ontem à noite, estive uma hora a ver trailers com o meu irmão para decidirmos que filme iamos ver a seguir. O rapaz escolheu o I Am Number Four, mas continuámos a ver trailers por mais um bocado - e por mim, tínhamos continuado a ver.

O raio do filme não vale um caracol. O protagonista é um dos extraterrestres escolhidos para salvar o planeta, blablabla é suposto ser o moço giro de quem as miúdas gostam mas não me convence, o amigo dele que ele conhece na escola é também filho de extraterrestres e depois andam umas criaturas feias atrás deles, ouviram-me a bocejar? Entretanto há a namoradinha do protagonista com quem ele tem química zero e depois há outra miúda que aparece para o salvar, porque o protagonista é demasiado idiota para se salvar sozinho. Perto do final, só queria saber se uma das personagens super secundária se tinha salvo dos bicharocos feios, o que aconteceu, por isso bónus points para o filmezinho.

Hoje à noite, sou eu a escolher o filme.

 

(LOL, é possível que acabemos a ver um musical piroso)

tags:
Babs às 19:16
sinto-me: faladora
Quinta-feira, 06 DE Janeiro DE 2011

Who said anything about the castle being enchanted?

 

A Bela e o Monstro é - e provavelmente vai continuar a ser por muito tempo - o meu filme preferido.

Temos um príncipe disfarçado torturado pela sua própria imagem e recluso num castelo e uma rapariguinha da província, sempre com a cabeça enfiada em livros, que anseia por algo mais. E, claro está, a relação entre ambos que traz o melhor de cada um e mostra como é importante conhecermo-nos e deixarmo-nos conhecer. Para além disso, é difícil resistir a mobília falante.

 

 

E vocês?

Qual é o vosso filme preferido de sempre?

Babs às 19:36
sinto-me: entusiasmada
música: 'belle' - beauty and the beast ost
Segunda-feira, 03 DE Maio DE 2010

A Lista dos 30 dias - Dia 2

Isto é para verem que cumpro promessas. E que não se vêem livres de mim tão cedo.

 

Day 02 — Your favorite movie

Esta é fácil porque o meu filme favorito desde os 4 anos é a Bela e o Monstro. Na altura a minha mãe chegou a dizer à médica que a sua filha mais velha não parava de ver sempre o mesmo filme, sempre a pedir para pôr a cassete a andar para trás quando o final chegava. A doutora disse que era uma fase. Não foi.

Continuo a gostar do candelabro com pronúncia francesa e do bule que canta enquanto a Bela e o Monstro dançam. E do candeeiro no tecto. E da biblioteca do Monstro que ele oferece à Bela. E do vestido cor-de-rosa da Bela.

 

 

Mas também gosto do Enchanted; Moulin Rouge; Breakfast at Tiffany's; Hello, Dolly!; 500 Days of Summer; Fantasma da Ópera; Funny Girl; Funny Lady; Wizard of Oz. E basicamente todos da Pixar. E todos os clássicos Disney.


Para quem está a pensar seguir cursos da área da saúde, façam o favor de visitar este blog, criado por um grupo de Área de Projecto para vos ajudar a escolher.

Babs às 19:12
sinto-me:
Quarta-feira, 05 DE Agosto DE 2009

Top Vilões da Disney

Imaginam o aborrecimento que seria ver a Bela Adormecida ou o Rei Leão se não existissem vilões? Como seria mau para a Branca de Neve se não existisse a Rainha que, ao tentar matá-la, a levou a fugir para uma casa cheia de anões simpáticos?

Os vilões são imprescindíveis - e em muitos casos exercem maior fascínio que os heróis. Talvez porque os vilões não estão assim tão distantes dos heróis - têm um objectivo que querem alcançar a qualquer custo com a vantagem que não se têm que reger por normas ou regras. Os vilões não se importam com o que os outros pensam, têm liberdade para agir como querem, gostam deles mesmos e vivem de forma mais intensa que os heróis.

Depois desta minha tentativa de explicação do meu fascínio por vilões aqui vai o meu top de preferidos dos filmes da Disney.

 

10 - Gaston, Bela e o Monstro

É o vilão do meu filme preferido de sempre e por isso merece um lugar no top. No início do filme é o estúpido machista - um pouco cómico - venerado pela aldeia. À medida que o filme se torna mais escuro e menos alegre ele evolui para um ser detestável até chegar ao estatuto de verdadeiro vilão quando luta com o Monstro. "Achas que ela ficará contigo quando tem alguém como eu?" - diz ele ao Monstro.

 

 

9 - Capitão Gancho, Peter Pan
É um dos vilões da Disney mais conhecidos. É parvo e por isso, muito cómico. Tem uma tripulação toda às suas ordens e naturalmente odeia o miúdo idiota que consegue voar (leia-se, Peter Pan).

 

 

 

8 - Hopper, Uma Vida de Insecto

Quem está na área de Ciências percebe porque é que os gafanhotos são detestáveis. Quer dizer, ouvimos falar deles em Biologia mas não sabemos bem em que parte foi nem porque raio interessam. E quando decidimos estudar a matéria (porque vamos ter exame) percebemos apenas que é algo relacionado com ostíolos. É tudo o que me lembro. Biologias à parte, este gafanhoto é o máximo! Só a cara dele dá vontade de dar um beijinho:

É talvez o vilão com maior desenvolvimento. Ao início vemo-lo temido pelas formigas, depois percebemos que ele mantém a faceta aterrorizadora porque sabe que pode ser vencido. Dá que pensar.

 

7 - Ursula, A Pequena Sereia

Súbtil mas intimidadora com toda a sua aparência de polvo gigantesco mas com um penteado super-fashion. "Pobres almas tão sós... eu estou AQUI".

 

 

6 - Maléfica, Bela Adormecida

Não é uma bruxa velha e horrorosa. É bonita, majestosa e não tem nenhum sidekick cómico para aligeirar os seus momentos. Além do mais, é realmente malvada - a Maléfica amaldiçoa a princesa por não ter sido convidada para o seu baptizado. Imaginem o que faria se ouvisse alguém falar mal dela.

 

 

 

5 - Hades, Hércules

Tem o penteado masculino mais fashion e manda no submundo. É neurótico e gosta de acordos. Hades, temos muuuito em comum.

 

 

 

4 - Frollo, Corcunda de Notre-Dame

É o vilão mais sério de todos - e o mais realista. As suas motivações são expostas numa das músicas mais impressionantes da Disney: ele sente-se atraído por uma cigana, a Esmeralda, o que causa conflito com as suas crenças religiosas, com o seu racismo em relação aos ciganos, sem esquecer que a luxúria é um pecado mortal. "Escolhe-me a mim... ou à fogueira" - é o que ele propõe a Esmeralda.

Sinto que podia gastar um post a falar no Frollo, em como ele é possessivo e obcessivo. A presença da religião é também muito interessante pois vimo-la como impulsionadora do bem e do mal não sendo inteiramente nenhum dos dois. É com a sua fé que este vilão justifica os seus actos - que acha que são os mais correctos (ao contrário do Jafar ou do Scar que sabiam que o que faziam era incorrecto).

 

 

 

3 - Rainha, Branca de Neve

"Espelho meu, espelho meu... haverá alguém mais belo do que eu?"

"Ela vai ser sepultada VIVA!"

Tudo o que ela diz fica na memória. A vaidade e a inveja guiam-na no caminho da destruição com transformação espectacular incluída.

 

 

2 - Cruella de Vil, 101 Dálmatas

Toda a gente gosta de cachorrinhos. Cruella prefere-os em versão casaco. Horrorosa e extravagante, é uma das vilãs mais memoráveis.

 

 

 

1 - Zira, Rei Leão II

É a viúva de Scar, o vilão de Rei Leão e o seu objectivo é - usando o seu filho Kovu - matar Simba e reaver as terras do Reino.  Acaba por não conseguir os seus intentos porque o Kovu se apaixona pela filha do Simba, a Kiara e desiste de ajudar a sua mãe. Depois é banido do Reino ao que se segue uma reunião entre os bons e os maus da fita. No final, a Zira está prestes a cair do precipício, a Kiara tenta salvá-la, ela não aceita a ajuda e cai. Descança em paz, Zira.

A Zira é sarcástica, inteligente e tem a melhor música de vilões que já ouvi!

 

 

 

 

No final de tudo, talvez parte do fascínio que os vilões geram se deva ao facto de, independentemente da sua inteligência ou poder, poderem ser derrotados.

Babs às 00:09
sinto-me:
música: zira's lullaby
Quarta-feira, 14 DE Janeiro DE 2009

Karma?

Depois de receber três emails repetidos, decidi-me a abrir um deles. Li na diagonal o powerpoint anexado. Uma coisa qualquer sobre o karma...blablabla...meia dúzia de slides para me conduzirem à brilhante conclusão que se não reenviasse o mail seria atingida pelo azar. "Fantástico."

Cliquei para fechar o powerpoint, e nesse momento o escritório ficou às escuras, iluminado apenas pela luz do meu portátil. A luz tinha faltado.

 

Faltar a luz foi provavelmente o melhor que aconteceu no dia de hoje! Impossibilitou-me de estudar o ciclo de azoto que deveria rever para amanhã (desculpa que dei a mim própria: "não posso estragar a vista a ler às escuras"), e não me atormentei por não estar a fazer exercícios de Geometria. Visto que não costumo dormir totalmente às escuras, acabei mesmo por ficar no computador a ver o Feiticeiro de Oz e a imaginar como seria espectacular se subitamente com o apagão, viesse também um tornado como no filme, que me levasse à terra para lá do arco-íris.
 

 

 

 

Moral do post: não reenviar este tipo de emails.

tags:
Babs às 23:34
sinto-me:
música: "somewhere over the rainbow" - wizard of oz

pesquisar

 

Maio 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

comentários recentes

  • Ola Sara! No project free tv ha as 3 primeiras tem...
  • Olá :) Podes-me dizer onde viste os episódios da R...
  • Ai, a inveja que eu tenho de ti! ;) Essa cidade é ...
  • por acaso eu também gosto de ter o meu quarto semp...
  • fico muito contente que te tenhas divertido em lon...
  • Em relação ao último post, eu tenho a mesma perspe...
  • Olá BárbaraDesculpa chatear através dos comentário...
  • Olá! Desafiaram me a fazer uma tag que tinha de re...
  • Tenho um desafio para ti no meu blog (http://senti...
  • não consigo comentar o post do aniversário do teu ...

arquivo

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

blogs SAPO


Universidade de Aveiro